Direito Internacional Humanitário e Direitos Humanos: CNDHC, IIDIH e FA promovem formação para forças de segurança e da proteção civil

A Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC) em parceria com o Instituto Internacional do Direito Internacional Humanitário (IIDIH) e as Forças Armadas (FA) de Cabo Verde, realizaram no passado dia 15 de Novembro um Atelier de Formação e Sensibilização sobre “Direito Internacional Humanitário e Direitos Humanos”. 

A ação teve como público-alvo militares, polícias, agentes prisionais, membros da Cruz Vermelha de Cabo Verde, dos Bombeiros Municipais da Praia e serviços da Proteção Civil. 

A cerimónia de abertura contou com as intervenções da Presidente da CNDHC, Zaida Morais de Freitas; da representante do Sistema das Nações Unidas em Cabo Verde, Elisabete Mendes; e do representante do Estado Maior das Forças Armadas, tenente-coronel Mário Almeida . 

O atelier, que decorreu no Auditório das Forças Armadas na Cidade da Praia, foi ministrado por dois formadores do Instituto Internacional do Direito Internacional Humanitário, o coronel Eduardo Bittencourt e o Prof. Roberto Moreno. 

A formação teve como objetivo reforçar e aumentar os conhecimentos dos participantes no que se refere ao conceito, promoção e implementação do Direito Internacional Humanitário (DIH) e Direitos Humanos (DH). Além disso, visou ainda dar a conhecer os tratados, as obrigações dos Estados e as situações de aplicação do DIH e DH, bem como a missão e as atividades da CNDHC e do Instituto Internacional do Direito Internacional Humanitário.  

 

 

 

O encerramento do evento foi presidido pelo Presidente da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV), Tenente Coronel Arlindo Carvalho.

A iniciativa contou com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), e enquadrou-se no âmbito do Protocolo assinado entre a CNDHC e o Instituto Internacional do Direito Humanitário, visando a promoção do DIH. 

Artigos relacionados: 

DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO: CICV E CNDHC QUEREM REFORÇAR CONHECIMENTOS SOBRE O TEMA EM CABO VERDE

DIREITO INTERNACIONAL HUMANITÁRIO: CNDHC PARTICIPA EM SEMINÁRIO DA CPLP